segunda-feira, 25 de maio de 2009

O enterro da memória escrita...

Segunda feira de novo. Boa semana para vocês!

O final de semana foi ótimo, quase perfeito! E devo dizer que nem fiz nada de extraordinário, mas as companhias que tive durante todo o final de semana o tornaram tão bom e nem me deixam lamentar por hoje ser segunda.

Mas não quero contar do fim de semana, rs, estou sem paciência pra isso.

Vou falar do meu diário...

Descobri que meus problemas em casa são culpa minha, como diz minha irmã, eu conto tudo pro meu "dedo duro", rs.

Isso acontece porque desde os 12 anos eu faço diário, sempre fiz e adoro, mas o que rola é que esses diários me trazem mais problemas do que alegrias, rs, está certo que é um canto para eu desabafar, contar do meu dia, dos meus sentimentos e tudo mais, mas ele não fica 100% do tempo junto de mim, então, só posso entender que ele me “dedura” para as pessoas que não deveriam ler, mas lêem.

Por isso resolvi tomar uma atitude. Vou me desapegar totalmente desses diários, vou colocar todos para reciclar, inclusive o desse ano. Hoje, assim que chegar em casa, farei o enterro dessas memórias.

Demorei muito para entender e ver dessa maneira, mas a verdade é que meus problemas vão diminuir, porque ninguém terá mais onde consultar o que eu estou fazendo, sentindo ou pensando, o que é pior, contado por mim mesma.

Parece simples, mas tomar essa atitude demorou porque é uma coisa que me doía só de pensar. Tenho tanto carinho por esses diários e quando comecei a escrever foi com a intenção de que se um dia, eu viesse a perder a memória, eu teria como comprovar com a minha história escrita por mim. Mas francamente, não vou perder a memória, e se isso acontecer, eu tenho muitos amigos que me recontariam tudo o que eu já aprontei.

É isso, demorou, mas antes tarde do que nunca, diário agora só aqui no blog, contanto o que todo mundo pode saber, o restante, vou deixar guardado na memória e no coração que está bom demais.

Então, pessoas, se atentem a minha vida, porque se um dia eu ficar esquecida, vocês terão a obrigação de me contar o quão gente boa eu fui, rs.

Beijo!

3 comentários:

Marcelo disse...

Pelo amor de Deus Maaaaa....Não joga fora nãooooo...AHuahuaHaua..>Deixa que eu guardo pra vc...rs...Já pensou, lembrar de tudo o que você fala?AHauhauhauaHau...

E esses diários, devem ser do mesmo tamanho de uma Barsa...ahauhauah...

Memórias, lembranças, coisas que ficaram guardadas no coração...rs... O que torna tudo isso tão intenso é que não podem ser vividos novamente, pelo menos não da mesma forma...então, porque aprisionar isso em palavras dentro de um diário e deixar que todos vejam, mesmo que não tenham vivenciado as mesmas maravilhas que você?rs...

Falando sério amor... Apóio você e que as marcas dos momentos vividos permanecam vivos através daqueles que lhe são importantes e partilharam cada um destes momentos...rs

Eita que acho que vou montar um blog pra mim tb hein...AhuAhaUhaua...

Um beijo imenso seu coração e que este não seja esquecido jamais...rs...

Ass: Marcelo

Marcelo disse...

Rs...só mais um...PAGUEI UM PAU pra essa imagem...rs..

Bjaum, marcelo

- Felipe Linhares - disse...

Hahahahahahahahaaa! Comédia!